Financiamento de veículos sem entrada Porto Seguro

0
557

O financiamento de veículos sem entrada Porto Seguro é uma contratação ágil e tranquila para comprar seu veículo, sem precisar pagar nada de entrada.


Com planos flexíveis, você ainda ganha descontos em serviços e benefícios na utilização do Cartão de Crédito Porto Seguro com condições especiais para a aquisição do seu veículo novo ou usado.

Você pode conquistar seu carro novo com as melhores condições no financiamento de veículos sem entrada da Porto Seguro, seja elas nas taxas de juros como também no modo de parcelamento, assim independente do modelo ou marca você conseguirá o seu.

Com a Porto Seguro Financeira você tem vantagens exclusivas para financiar seu veículo: despachante e vistoria grátis, 6% de desconto no Porto Seguro Auto e ainda tem a opção de incluir o seguro do veículo no seu financiamento.


Basta fazer uma simulação no site oficial da empresa, lá você saberá exatamente as taxas e prazos de seu contrato. Tudo é muito simples.

Outra opção disponível é o 2 em 1. Com o Financiamento 2 em 1 da Porto Seguro, você inclui o Porto Seguro Auto nas parcelas e tem até 60 meses para pagar.

Receba nossas novidades

Seu cartão está quase pronto
Deixe seu e-mail para receber dicas e novidades sobre Cartões , Crédito e Financiamentos 95%

É muito mais proteção e comodidade para você financiar seu carro novo, com a praticidade e segurança das assistências do Porto Seguro Auto e muitas outras vantagens

O financiamento está sujeito à análise de crédito e à revisão das condições cadastrais no momento da solicitação. Condições sujeitas à alteração, sem prévio aviso.

Veículos utilitários sob consulta. O prazo de pagamento varia de acordo com o ano/modelo do veículo e público contratante.


Se desejar, entre em contato com a Central de Serviços da Portoseg pelo telefone (11) 4004-5215 – para todo Brasil

Dica pra você

Veja algumas dicas do Consultacred para você:

  • Certifique-se de que a compra é necessária, não um impulso momentâneo;
  • Pesquise e negocie com o Banco;
  • Mesmo que a parcela seja baixa comparada ao seu rendimento, analise sempre as taxas de juros;
  • Não comprometa mais do que 30% de sua renda com prestações.
  • Não empreste seu nome a terceiros;
  • Tenha sempre uma reserva financeira para emergência, nunca comprometa todo seu orçamento.