Limite reduzido: o banco pode reduzir o meu limite?

Limite reduzido: o banco pode reduzir o meu limite?

Por: Roberta

Ter o limite reduzido é uma situação que quase ninguém espera.

Anúncios

O cartão de crédito que antes tinha um valor, agora permite um poder de compra menor.

Mas, por que isso acontece? O banco pode reduzir o limite? Tem como recuperar?

Sabemos como essa situação pode ser surpreendente, e por isso, no material de hoje sanaremos todas as suas dúvidas sobre o tema.

Então, se deseja entender sobre redução de limite de cartão, não perca tempo e continue sua leitura! 

O susto do limite reduzido

Se você está nesse artigo, provavelmente recebeu nos últimos dias uma notificação de limite reduzido.

Em geral, essa situação ocorre de maneira inesperada, de modo que em um dia o seu limite é um, e após o aviso o mesmo é diminuído.

E, por ser algo sem planejamento, a reação de quase todos os clientes é o susto ou inconformar-se.

Afinal de contas, o banco pode reduzir limite? Como fica o cliente nessa situação? 

Essas dúvidas são as mais comuns, e certamente fazem sentido.

Isso porque, ter um limite no cartão permite ao usuário planejar suas finanças, já que muitos utilizam o recurso para complementar renda, ou fazer compras planejadas.

E, quando este limite é reduzido de maneira repentina, é comum que isso gere desconforto.

Isso porque, se antes o limite estava nos planos, agora estes deverão ser modificados.

Ou, se você contava com o cartão para ajudar nos gastos mensais, agora será preciso repensar essa saída.

Então, essa situação certamente tem alto poder de afetar as finanças dos clientes.

Mas, será que é possível fazer alguma coisa? Essa prática dos bancos é permitida?

Veremos em breve!

O banco pode reduzir meu limite?

Como já vimos, certamente o limite reduzido tem alto potencial de gerar transtornos aos clientes.

Especialmente quando falamos em planejamento financeiro, ter o cartão de crédito afetado é sempre desconfortável.

Desse modo, a primeira coisa que muitos clientes desejam saber é se essa prática é permitida.

Para responder a essa pergunta, devemos entender que o cartão de crédito, como o próprio nome sugere, é uma modalidade de crédito.

Sendo assim, o limite de crédito funciona como uma espécie de empréstimo mensal que o banco concede ao cliente.

Portanto, a concessão de limite deve obedecer às regras relacionadas à concessão de crédito bancário.

Desse modo, é importante destacar que a instituição financeira não é obrigada a conceder crédito em nenhuma situação.

Além disso, os valores concedidos também ficam a critério da avaliação do próprio banco.

Isso significa que é o banco quem decide se concede crédito, e qual valor deseja disponibilizar.

Então, a partir dessa explicação fica claro que o banco pode sim reduzir o limite concedido.

Isso porque, caso haja variação na situação financeira do banco, ou o histórico do cliente não transmita mais tanta garantia de segurança, o mesmo pode reduzir o limite como medida de segurança.

Mas, e o cliente? Como fica a sua situação com isso?

Sabemos como pode ser chato ter o limite reduzido, mas, é importante lembrar que o banco realiza análises de crédito frequentes.

Desse modo, isso pode interferir na variação do seu limite de crédito.

Além disso, essa possibilidade de redução também é prevista em contrato, logo, está dentro da legalidade.

Então, caso isso ocorra com você, é importante dizer que não é uma prática ilegal, que inclusive é prevista em contrato.

Após ter o limite reduzido, é possível recuperar?

No tópico anterior te explicamos que ter o limite reduzido não é uma situação ilegal.

Logo, quando isso ocorre costuma não haver espaço para questionamentos e solicitação de devolução do crédito.

Isso porque, o banco é detentor do crédito, portanto, tem direito de decidir se deseja ofertá-lo, a quem, e quanto.

Então, ter essa redução é uma situação que pode ocorrer com qualquer pessoa, e que costuma não ter muito o que fazer de maneira imediata.

Mas, embora não seja possível recuperar o valor imediatamente, devemos lembrar que o banco faz análise de crédito frequente com os seus clientes.

Portanto, caso você aposte em práticas que transmitem seriedade e garantias ao banco, o mesmo pode repensar o valor concedido.

Logo, após um certo período é possível reaver o valor anterior, e até mesmo aumentá-lo.

Mas, essa é a situação regular, onde você deve aguardar uma reavaliação por parte do banco.

Também é possível que você entre em contato com a empresa, e solicite uma reavaliação da sua situação.

Em alguns bancos o próprio gerente consegue liberar mais crédito, então, pode ser interessante tentar uma conversa.

Mas, lembre-se: não existe obrigatoriedade em devolver, aumentar ou conceder limite, portanto, tudo não passará de tentativa.

Em alguns casos, a fim de preservar o bem estar do cliente, o banco aceita.

No entanto, devemos lembrar que a redução ocorre justamente por avaliação do perfil de crédito do cliente.

Portanto, é pouco provável que sua situação mude em tão pouco tempo.

De modo geral, é sim possível recuperar, mas, isso não costuma ser imediato.

Dicas para evitar o limite reduzido 

A esta altura você já entende que ao ter o limite reduzido é possível recuperá-lo, algum tempo depois.

E, conforme explicamos, essa recuperação se dá por meio de uma reavaliação do banco quanto ao seu perfil de crédito.

Explicando de maneira simples: tempos depois o banco reavalia seu histórico de crédito, e verifica possibilidades de limite.

Assim, se for avaliado que o seu perfil melhorou, é comum que o limite aumente.

Mas, a partir dessa visão, fica claro que não existe tanto espaço para ação do cliente.

Isso porque, a reavaliação é feita pelo banco.

No entanto, existem meios de melhorar o seu perfil, a fim de que quando essa avaliação for realizada, suas chances serão maiores! 

Vejamos agora algumas dicas para aumentar suas chances de recuperar o limite do cartão!

Evite dívidas e atrasos

É comum que algumas pessoas pensem que o fato de ter dívida com um banco, não afeta o seu relacionamento com outro banco.

Mas, é importante dizer que as dívidas constam no histórico geral do cliente.

Logo, quando você contrai uma dívida com um banco, isso afeta seu score de crédito, e consequentemente altera seu perfil.

Desse modo, se você deseja aumentar suas chances de evitar o limite reduzido ou até mesmo recuperá-lo, as dívidas não vão te ajudar.

Portanto, mantenha o seu nome limpo, e evite atrasos de pagamentos, assim, aumentará suas chances na reavaliação!

Use o seu cartão com frequência 

É muito comum que o limite reduzido ocorra em casos onde o cliente não usa o cartão há muito tempo.

Isso porque, a ausência do uso pode indicar que o cliente não tem possibilidade de arcar com custos de cartão de crédito.

Por isso, se você deseja aumentar seu limite, uma dica é usá-lo por completo.

Assim, o banco entende que o limite pode não estar sendo suficiente para o seu uso mensal.

Desse modo, pode ocorrer de haver aumento, a fim de garantir o uso e comportar os gastos do cliente.

Afinal de contas, se você usa bastante, pode precisar de mais limite! 

Opte por pagar a fatura completa 

Essa dica funciona como um complemento da dica anterior.

Isso porque, caso você use o seu limite por completo, e não consiga pagar, isso não te ajudará a aumentá-lo.

Portanto, é importante que você sempre opte por pagar sua fatura completa.

Isso porque, essa prática indica ao banco que você tem condições de arcar com o pagamento deste limite.

Já quando você parcela as faturas com frequência, pode indicar que sua renda não comporta os gastos.

Então, pagar a fatura por completo pode te ajudar a evitar o limite reduzido, já que melhora sua avaliação de poder de compra.

Então, agora que você já entende tudo sobre limite reduzido, não deixe de colocar as dicas em prática para evitar essa situação tão desconfortável!

Pessoas com interesses parecidos com o seu também viram: 👉Cartão de crédito com limite alto: como solicitar e melhores opções!