Como funciona o financiamento de moto - Descubra!

Como funciona o financiamento de moto – Descubra!

Neste texto, você descobrirá como funciona o financiamento de moto, dessa forma, poderá escolher esse serviço com mais segurança e tranquilidade.

Por: Andre Neri

Para você que quer comprar uma moto, e não sabe como funciona o financiamento de moto, descobriremos a seguir!

Anúncios

Uma moto costuma ser uma opção de transporte bastante buscada pelas pessoas por ser econômico, rápido e ter uma manutenção mais barata.

Dessa forma, acaba sendo uma alternativa mais vantajosa, prática e acessível.

No entanto, mesmo com essa acessibilidade, algumas pessoas ainda encontram dificuldades em realizar esse sonho.

Por isso, acabam recorrendo ao financiamento. No texto de hoje, você descobrirá como esse serviço funciona.

Então, não deixe de conferir!

O que é financiamento de moto?

Em suma, o financiamento de moto, que também pode ser chamado de CDC (Crédito Direto ao Consumidor), é uma opção para quem não tem o valor à vista para comprar uma motocicleta.

Dessa forma, o interessado em comprar a moto pega um empréstimo com um banco ou instituição financeira de crédito para comprá-la à vista em uma concessionária conveniada a instituição financeira em foi feito o empréstimo.

Ou seja, o contrato de pagamento é feito entre a instituição financeira e o cliente comprador do veículo, o banco paga o valor integral para concessionária e o comprador da moto paga parceladamente para o banco.

Assim, você sabe como funciona o financiamento de moto, sendo um trâmite entre três partes, para aquisição da moto.

O que precisa para financiar uma motocicleta?

Como resultado, a forma com que você usa o seu dinheiro e controla sua vida financeira influenciará bastante na hora de conseguir uma aprovação de financiamento, e também nas condições oferecidas.

Nesse sentido, a instituição financeira que você optar fará uma análise do seu perfil financeiro e como consumidor, consultando o SPC e o Serasa para obter dados de sua condição financeira.

Nessa análise, será observado o histórico de seus pagamentos, dívidas em atraso, nome negativo, formas de consumo, etc.

É analisado também se a pessoa paga suas contas em dia ou costuma atrasar, parcelado ou à vista, e ainda a sua pontuação de 0 a 1000 no score.

Veja a situação de qualidade do score:

Além disso, a renda atual será consultada para saber se o interessado terá condições de arcar com o pagamento do financiamento, sendo sempre recomendado ter um meio de conseguir uma grana extra para quitar o financiamento.

Como funciona o financiamento de moto: é estipulado uma renda mínima?

Como funciona o financiamento de moto?

A princípio, não é estipulada uma renda mínima para conseguir um financiamento de moto.

Entretanto, a prática entre as instituições financeiras é de conceder o crédito para compra que não vá além de 30% da renda do interessado em adquirir o veículo.

Ou seja, se a pessoa recebe um salário de R$3.000,00 por mês, o valor equivalente a 30% para pagar o financiamento é de R$900,00.

Isso significa que as parcelas do financiamento não devem ultrapassar essa quantia: R$900,00.

Essa prática é feita porque geralmente quando uma pessoa usa mais de 30% em pagamentos de suas contas ela acaba comprometendo as suas despesas básicas, e consequentemente o risco de ficar inadimplente é bem maior.

Como funciona o financiamento de moto: onde solicitar esse serviço?

Neste tópico, será destacado um resumo das instituições financeiras que oferecem as melhores condições de financiamento do mercado:

Santander: taxas a partir de 1,9% ao mês e parcelamento em até 60 meses.

Caixa Econômica Federal: taxa mensal a partir de 1,5% e até 60 parcelas. 

Itaú: oferece taxas a partir de 1,8% mensais, não necessita de conta-corrente na instituição, e ainda tem a opção de financiamento de motos novas e usadas.

Bradesco: esse banco cobra taxas a partir de 1,9% ao mês e o parcelamento é conforme o seu score.

BB: taxas a partir de 1,9% ao mês, até 60 meses para pagar e 180 dias para pagamento da primeira parcela.

Banco Honda: oferece taxas a partir de 1,95% por mês e parcelamento em até 60 meses.

Banco Yamaha: taxa mensal a partir de 2,19% e parcelamento de 72 meses.

Lembre-se, que as informações sofrem alterações conforme o andamento da economia.

Dicas para escolher um financiamento de moto

Agora que já descobriu como funciona o financiamento de moto, veja algumas dicas simples a serem tomadas antes de buscar esse serviço financeiro.

1. Faça uma análise da sua condição financeira 

Ponha no papel o valor da mensalidade que você consegue arcar no financiamento, se organize para não passar apertos

Além disso, é importante prever e se preparar para as despesas que o veículo naturalmente trará, como os custos sazonais.

Assim, será possível saber a condição real para o financiamento e fazê-lo de maneira mais equilibrada.

2. Pesquise no mercado o modelo de sua preferência 

Qual o intuito na compra da moto? Trabalho, apenas lazer ou para percorrer grandes distâncias? 

É importante você buscar no mercado o modelo que atende às suas necessidades.

Portanto, é crucial considerar o potencial do motor, as funcionalidades, segurança, economia e facilidades no uso.

Além de saber como funciona o financiamento de moto, é bom sempre fazer uma boa pesquisa de preços.

Por isso, obtenha o máximo de informações que você puder na concessionária e revendedoras de motos, para que você consiga o melhor preço, dá até para financiar de 36 a 70 meses.

Portanto, aja com paciência e sabedoria na hora de fazer um financiamento para comprar a sua moto.

Conclusão

Neste texto você descobriu em detalhes como funciona o financiamento de moto, além disso, encontrou algumas dicas que vão te ajudar a fazer o melhor negócio. 

Portanto, não deixe de colocá-las em prática para obter o melhor negócio.