Como calcular horas trabalhadas passo a passo sem complicações?

Como calcular horas trabalhadas passo a passo sem complicações?

Por: Roberta

Saber como calcular horas trabalhadas é um desafio que quase todos os trabalhadores precisam enfrentar em determinado momento.

Anúncios

Isso porque, esse é um dado importante para garantir que o mesmo está cumprindo suas obrigações, e recebendo o proporcional a isso.

Afinal de contas, como você pode saber se tem horas extras a receber, se não sabe quantas horas trabalhou? 

A boa notícia é que no material de hoje poderemos te ajudar nessa questão, visto que te mostraremos como calcular suas horas corretamente.

Dito isso, se deseja garantir seus direitos e evitar problemas trabalhistas, não perca o conteúdo a seguir! 

    Por que é importante saber como calcular as horas trabalhadas?

    Direitos trabalhistas auxiliam bastante no dia a dia dos trabalhadores.

    Isso porque, férias, 13° e até mesmo a legislação trabalhista evita muito abuso no mercado de trabalho, e traz alívio financeiro ao bolso do trabalhador.

    Mas, para que os direitos trabalhistas sejam atingidos corretamente, calcular as horas trabalhadas é fundamental.

    Isso porque, os valores recebidos por colaboradores em regime CLT são calculados com base nas horas trabalhadas.

    Isso significa que o salário do colaborador é dividido de acordo com as horas que o mesmo atua.

    Sendo assim, cada hora de trabalho conta para a somatória do salário total.

    E, quando essas horas ultrapassam a carga horária estipulada em contrato, serão pagas como horas extras.

    Isso significa que se você foi contratado para trabalhar 44 horas semanais e trabalhou por 50 horas, essas 6 horas serão pagas a mais no salário.

    Mas, é importante dizer que o mesmo vale para o contrário.

    Isso porque, se você não cumpre com a carga mínima estipulada, as horas faltantes podem ser descontadas do salário.

    Vale dizer que faltar por um dia inteiro pode gerar desconto do descanso semanal remunerado (DSR).

    Por isso, calcular suas horas trabalhadas é crucial também para garantir que você está em dia com a empresa, e assim não sofrerá nenhuma penalidade.

    A seguir veremos de que forma você pode fazer esse cálculo.

    Trabalhei 3 meses quanto vou receber de rescisão?

    Como calcular horas trabalhadas?

    No tópico anterior entendemos por qual motivo é tão importante calcular suas horas trabalhadas.

    E, vimos que isso é importante tanto para garantir os seus direitos, quanto atestar que você está cumprindo devidamente suas obrigações enquanto colaborador.

    Sendo assim, o cálculo de horas beneficia tanto aos trabalhadores, quanto aos empregadores.

    Mas, vale dizer que de nada adianta calcular suas horas, se você não as registra na sua folha de pontos.

    Isso porque, o preenchimento da folha de ponto é uma obrigação diária do trabalhador.

    Desse modo, o empregador consegue saber a qual hora o colaborador entrou em seu turno, e quando o encerrou.

    Assim, fica mais simples calcular as horas trabalhadas, e por consequência definir o salário a pagar no mês.

    Por isso, é muito importante que você faça esse preenchimento diariamente, a fim de garantir os seus direitos e evitar descontos.

    Vejamos agora duas alternativas para calcular horas trabalhadas de forma simples e prática.

    Use um aplicativo 

    Atualmente temos diversos aplicativos que auxiliam na realização de cálculos trabalhistas.

    Dentre as funções dos apps, podemos destacar a possibilidade de calcular horas trabalhadas.

    O mais legal é que esses aplicativos também te permitem saber quais dessas horas são regulares, e quais são extras.

    Além disso, eles também permitem verificar a possibilidade de adicionais e demais direitos.

    Para fazer o cálculo usando os apps, basta selecionar sua carga horária semanal.

    Isso feito, inclua as horas que você trabalhou durante a semana, incluindo as horas extras e subtraindo as faltas e atrasos, se houver.

    Isso feito, o aplicativo te mostrará quantas horas você trabalhou, e se existe possibilidade de adicionais, horas extras e/ou descontos.

    Verifique sua folha de ponto 

    Anteriormente te demos uma possibilidade mais simples e prática de calcular horas trabalhadas.

    Mas, vale dizer que essa possibilidade só se torna possível quando você já sabe por quanto tempo trabalhou.

    Caso você não tenha nem ideia acerca das horas trabalhadas, sua única saída é verificar sua folha de ponto.

    Para isso, comece esclarecendo a sua jornada semanal, e em seguida verifique o seu horário de entrada e saída, e hora de almoço.

    Sendo assim, suponhamos que você trabalhe 9 horas, das quais 1 hora é de almoço, e seu turno deve iniciar às 7:00 e terminar às 16:00.

    Isso significa que sua jornada diária é de 8 horas.

    Verifique se todos os dias você entrou no horário certo, fez o período de almoço de 1 hora e saiu no horário estipulado.

    Caso você note que entrou mais tarde, saiu mais cedo ou até mesmo passou mais tempo do que deveria no almoço, esses períodos serão descontados do cálculo.

    Mas, se você entrou mais cedo, fez menos tempo de almoço ou até mesmo saiu mais tarde, terá mais horas para somar.

    Por isso, some as horas que você passou trabalhando efetivamente, e terá o cálculo de horas trabalhadas.

    Caso o cálculo corresponda à sua atribuição, você está cumprindo sua carga horária.

    Já se faltaram horas a cumprir, será preciso compensá-las, ou, lidar com o desconto no salário.

    E, por fim, se você trabalhou mais horas do que devia, você as receberá como um extra no salário.

    Então, podemos ver que calcular horas trabalhadas não é um bicho de 7 cabeças!

    Posso ter desconto no salário por não bater ponto?

    A esta altura você já sabe como calcular horas trabalhadas, e viu que essa pode ser uma tarefa trabalhosa, mas, que não traz tanta dificuldade.

    Mas, você lembra que dissemos que esse cálculo só é válido se corresponder com a folha de ponto?

    Então, muitas pessoas calculam as horas, sem considerar que o preenchimento da folha de ponto não corresponde.

    Afinal de contas, é possível ter desconto no salário por não bater ponto? 

    Como já explicamos, a folha de ponto serve justamente para que o RH ou o próprio empregador tenha conhecimento do tempo trabalhado pelo colaborador.

    Sendo assim, a ausência de preenchimento impossibilita essa conferência.

    Desse modo, aqueles que calculam o salário não conseguem ter a certeza do tempo dedicado pelo trabalhador.

    Inclusive, um dia que não está preenchido na folha pode até ser encarado como falta.

    Por isso, deixar de preencher a folha pode sim gerar descontos no salário.

    Sendo assim, se você tem o costume de sair sem bater o ponto, ou ir almoçar sem registrar, saiba que isso pode te gerar problemas.

    Então, busque sempre preencher a sua folha, a fim de facilitar os cálculos e evitar problemas!

    Trabalhei 4 anos quanto vou receber de acerto? Faça o cálculo!